Páginas

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Domingo acontece o 6º Desafio Pedestre do Forte de Itaipu

A cidade de Praia Grande irá receber, no dia 21 de outubro, a 6ª edição do Desafio Pedestre do Forte Itaipu (prova rústica de oito quilômetros). A concentração para a largada será realizada às 7 horas e o início está previsto para às 08 horas, na Praça Duque de Caxias, no canto do Forte.
O percurso do Desafio Pedestre do Forte Itaipu contará com as seguintes categorias: 16 a 19 anos, 20 a 24, 25 a 20, 30 a 34, 35 a 39, 40 a 44, 45 a 49, 50 a 54, 55 a 59, 60 a 64, 65 a 69 e mais de 70.
No percurso de 8 km, os competidores terão que passar por três trechos de prova, asfalto , areia e mato.Os kits poderão ser retirados nos dias 19 e 20 de Outubro, nas Lojas Decatlon , ao lado do Litoral Plaza, serão distribuidos 1500 kits, no total.
A competição é promovida pela Associação dos Amigos da Fortaleza de Itaipu (ASSOAFI) e dp 2ª Grupo de Artilharia Antiaérea do Exército (2ª GAAAE).

Poderoso Muay Thai promete entreter público neste sábado em PG

Praia Grande está prestes a tremer com disputas que prometem agitar o final de semana de quem aprecia artes marciais. Neste sábado, dia 20/10, acontece a quinta edição do Poderoso Muay Thai - Grandes Campeões.
O evento esportivo ocorre a partir das 16h no Auto Shopping Praia Grande. Ao todo serão 13 lutas, sendo quatro disputas pelo cinturão.
No card principal as competições acontecem entre: Matheus Rayovac x Davson Saenchai, no 63,5 kg; super revanche entre Aline Rozeira x Marcella Monacchi, no 70kg; a paulista Rose Amorim x a carioca Diana Leoa, fazendo um desafio entre Rio de Janeiro x São Paulo. E por fim, a luta principal será entre o campeão mundial da modalidade Vanderlei Toquinho contra Emerson Bolota, nos 77 kg.
De acordo com um dos organizadores do evento, Rodrigo Barbosa da Silva, a expectativa é reunir até 1.500 pessoas. “Escolhemos uma data que conciliasse com a agenda de todos os atletas. Fizemos a programação de três a quatro meses para organizar tudo, buscar patrocinadores e montar toda a parte de divulgação, entre outros”, explica.
Barbosa informa também que o evento é uma oportunidade de fazer a população conhecer o esporte. “Os atletas hoje são de alto nível e a Baixada Santista tem sido a maior potência de muay thai no País, formando vários campeões mundiais e expandido ainda mais a modalidade.”
Entre as novidades da edição, a primeira será o confronto entre Rio e São Paulo, com a atleta Diana, que é da mesmo equipe do lutador José Aldo. A segunda será a participação do campeão mundial Vanderlei Toquinho, que teve sua última grande luta em dezembro, na Tailândia, e agora está retornando aos ringues para mais uma disputa.
Barbosa diz que com o passar das edições o interesse do público tem se tornado maior. “Vemos muitas famílias no evento, pessoas que chegam com dúvidas e quando participam passam a ter curiosidade e procuram uma academia para não só assistir como também participar e praticar. Temos incentivado muitos atletas amadores para irem ao profissional. Um evento como este tem atraído cada vez mais pessoas, principalmente àqueles que não conhecem, que é nosso principal público hoje.”
A grande dificuldade para os organizadores é conseguir patrocinadores. “Ainda temos um preconceito dentro do esporte. Por se tratar de lutas muitos acham que é briga, e não é assim que funciona, mas estamos avançando nessa questão”, conclui Barbosa.
Os ingressos custam R$ 35,00 e podem ser obtidos por meio do site https://ticketbrasil.com.br/categoria/esportes/ ou pessoalmente na Academia Tractor, que fica na avenida Presidente Kennedy, nº 8.210, no Mirim, próximo ao Ginásio Falcão.
O Auto Shopping Praia Grande fica na avenida Ayrton Senna, nº 611.

Municipal de Futebol da Série C, acompanhe a 3ª Rodada

Neste domingo (21/10), a partir das 9 horas, nos Campos da Cidade, ocorre a terceira rodada do Campeonato Municipal de Futebol, série C (terceira divisão), categoria masculina adulta. A competição, que reúne 27 times da Cidade e mais de 500 jogadores, é organizada e administrada  pela Liga de Futebol Amador de Praia Grande (LFAPG) e conta com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL). 

Confira a programação da terceira rodada:

Campo do Palmeirinhas (Rua João Batista Siqueira, 11.380, Bairro Antártica)
9 horas - Juventude x Mônaco
11 horas - Guerrilha x Mancha Negra

Campo do Estrela (Rua Antônio Candido da Silva, 333, Bairro Vila Sônia) 
9 horas - Novo Misto x Quietude Alvorado
11 horas - Juventus x Vélez
13 horas - Estrela da Vila Sônia x Sem Terra
15 horas - Tupi x Dois Toques

Campo do Magic Paula (Av Trabalhadores s nº  Vila Antártica)
9 horas - Noroeste x Clube Esporte Baixada
11 horas - Tigres x Canal Fechado
13 horas - Cruz Azul x Madrid
15 horas - Glória x Athlétic Fundão

Campo do Praia Grande (Avenida Irmãos Adorno s/nº, Bairro Sítio do Campo)
13 horas - São Geraldo x Aliados
15 horas - Vai Quem Qué x Barra/Joãoseense

Dados - Na primeira fase, as equipes foram divididas em quatro chaves, nas quais jogam todas contra todas (dentro de cada grupo), em turno único. Os quatro primeiros colocados de cada chave avançam as oitavas de final. Vale destacar que os quatro primeiros colocados, ou seja, os selecionados que chegarem à fase semifinal, qualificam-se para a disputa da segunda divisão em 2019. O último colocado na primeira fase de cada chave será rebaixada.


No último domingo (14/10), ocorreu a segunda rodada. Confira todos os resultados:
Pelo grupo A, Estrela da Vila Sônia 4 x 2 Madrid e Cruz Azul 2 x 1 Sem Terra; 
Grupo B, Noroeste 4 x 0 Monaco, Clube Esporte Baixada 2 x 0 Guerrilha e Mancha Verde 1 x 1 Mancha Negra; 
Grupo C, Juventus 2 x 0 Vai Quem Qué, Velez 1 x 1 Dois Toques e Zero Treze 1 x 1 Barra/Jonsaense; 
Gupo D, Athlétic Fundão 2 x 1 Tigres, Quietude 1 x 1 Canal Fechado e Atlético Praia Grande 0 x 0 Novo Misto.

Com estes resultados, na pontuação parcial do grupo A, primeiro lugar para a equipe da Estrela da Vila Sônia com 6 pontos. No B, lidera o Mancha Negra com 4. No C, comanda o Juventus com 4. E no D, está na ponta o Athlétic Fundão com 6. A classificação completa pode ser obtida no site da Liga municipal: www.lfapg.com.br e também no facebook: www.facebook.com/Liga-de-Futebol-Amador-de-Praia-Grande.


- Na chave A, jogam os times do Cruz Azul Futebol Clube (V.Sonia), Aliados FC (Tupiry), Madri FC (Caieiras), SE Estrela da Vila Sônia (Vila Sônia), Sem Terra Futebol Clube (Vila Sônia) e São Geraldo Futebol Clube (Tude Bastos). 


- Na B, competem Guerrilha Futebol Clube (Caieiras), Clube Esporte Baixada (Caieiras), G RCES Mancha Verde (Tupi), Mancha Negra Esporte Clube (Aviação), Juventude Futebol Clube (Caieiras), Monaco FC (Tude Bastos) e Associação Esportiva Noroeste (Caieiras). 

- Na C, confrontam-se as equipes do Tupi Futebol Clube (Tupi), Vai Quem Qué Futebol Clube (Guilhermina), Juventus Futebol Clube (Caieiras), Velez FC (Samambaia), Dois Toques FC (Solemar), Zero Treze FC (Samambaia) e Barra/Joãoseense (Caiçara).


- Na D, competem as turmas do Club Athlétic Fundão (Vila Sônia), Esporte Clube Jardim Glória (Glória), Novo Misto Futebol Clube (Ribeirópolis), União Quietude Alvorada Futebol Clube (Quietude), Associação Atlética Praia Grande (Sítio do Campo), Tigres da Ilha Futebol Clube (Caieiras) e Canal Fechado Vila Mirim (Mirim). 

Retrospecto - Em 2017, a equipe do Esporte Clube Cristal/Etanol (Bairro Samambaia) sagrou-se campeã do 1º Campeonato Municipal de Futebol, série C (terceira divisão). Na decisão, a turma do Cristal/Etanol venceu, por 3 a 1, o até então invicto Parquestão Futebol Clube (Samambaia). Ao longo da competição, o selecionado do Cristal somou 12 vitórias, duas derrotas, 49 gols feitos e 15 sofridos. Os quatro selecionados que chegaram à fase semifinal (Cristal, Parquestão, Esporte Clube Cruz de Malta e Brasa Futebol Clube) qualificaram-se para a disputa da segunda divisão em 2018. O quinto colocado, Grêmio Esportivo Jardim Quietude (Quietude), também avançou a série B, pois o time do Senzala - que disputou a série B em 2017 - foi desclassificado e rebaixado, abrindo assim, uma quinta vaga. 

Times de PG jogam última rodada da 2ª fase da Copa SP de Futebol

Neste sábado (20/10), a partir das 11h15, no Campo da Associação Atlética Vila Carolina, em São Paulo, as equipes masculinas sub-13 e sub-17 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer - SEEL e Liga de Futebol Amador de Praia Grande - LFAPG) enfrentam os times da AA Vila Carolina, na quinta e última rodada da 2ª fase da 34ª Copa São Paulo de Futebol, evento regido pela Associação Paulista (APF).

Na segunda-feira (22), às 16h30, no Campo do Centro de Formação de Atletas (CFA) e Clube da Comunidade (CDC) Cleuza Bueno, em São Paulo, o selecionado masculino sub-15 de Praia Grande joga contra a turma do CFA CDC Cleuza Bueno, também pela quinta e última rodada da 2ª fase da 34ª Copa São Paulo de Futebol.

Na classificação parcial da segunda fase, na sub-13, grupo F, o time de Praia Grande é o quarto e último colocado com quatro derrotas, um empate, dois gols feitos e nove sofridos. Na sub-15, chave G, a turma da Cidade ocupa o segundo lugar (entre quatro times) com quatro vitórias, uma derrota, 10 gols prós e seis contras. Na sub-17, grupo F, o selecionado municipal é terceiro posicionado com três empates, duas derrotas, quatro gols marcados e sete levados.

Dados - Nesta nova etapa, as quatro primeiras colocadas da primeira fase nos grupos E, F, G e H formam novas chaves, nas quais disputam turno e returno. Na sub-13, só há os grupos E, F e G. Assim, qualificam-se para a terceira fase (quartas de final) as duas primeiras colocadas (de cada chave), mais as duas melhores por índice técnico. Na sub-15 e sub-17, os dois times primeiros colocados de cada um dos quatro grupos classificam-se as quartas de final. A partir daí, os jogos ocorrem em sistema eliminatório duplo (os selecionados jogam duas vezes um contra outro), nos quais os vencedores chegam às semifinais.

Na primeira fase chave C, na sub-13, a garotada de Praia Grande terminou como líder com três vitórias, três empates, oito gols feitos e três sofridos. Na sub-15, a seleção municipal também ficou na ponta da tabela com cinco triunfos, uma igualdade, duas perdas, 16 gols prós e sete contra. Na sub-17, o time da Cidade encerrou em terceiro lugar, com três vitórias, um empate, quatro derrotas, 12 gols marcados e 12 levados.

Retrospecto - Em 2017, as equipes de Praia Grande chegaram à segunda fase da competição. Apenas os dois primeiros colocados de cada grupo (A e B) avançavam à fase semifinal. A turma sub-19 de Praia Grande acabou na terceira posição da chave B, sendo superada pelo número de gols feitos. Na sub-15, o time de Praia Grande também ficou em terceiro lugar na chave B. 

Os selecionados de Praia Grande não participaram da Copa São Paulo de Futebol em 2016. Em 2015, o time local sub-14 parou na segunda fase do torneio (16 melhores). Em 2014, as seleções sub-15 e sub-19 de Praia Grande também chegaram até a segunda fase. O grupo local sub-13 parou na etapa inicial. Já em 2010, Praia Grande conquistou dois vice-campeonatos na sub-15 e sub-17. 
Resultados - Confira as campanhas dos times de Praia Grande na 34ª Copa São Paulo de Futebol 2018:

sub-13
1ª fase
2/6 - Praia Grande 1 x 1 EC Guarulhos
9/6 - FAAC Azulão 0 x 1 Praia Grande
23/6 - AA Atlas 1 x 1 Praia Grande
12/8 - EC Guarulhos 0 x 2 Praia Grande
18/8 - Praia Grande 2 x 0 FAAC Azulão
25/8 - Praia Grande 1 x 1 AA Atlas
2ª fase
15/9 - Praia Grande 0 x 1 AA Vila Carolina
22/9 - Jacareí AC 3 x 0 Praia Grande
30/9 - Aces Sports Academy/Vila Formosa São Paulo 2 x 0 Praia Grande
6/10 - Praia Grande 1 x 2 Aces Sports Academy/Vila Formosa São Paulo
13/10 - Praia Grande 1 x 1 Jacareí AC

sub-15
1ª fase
2/6 - Praia Grande 1 x 1 AA Flamengo
9/6 - FAAC Azulão 2 x 1 Praia Grande
23/6 - AA Atlas 1 x 2 Praia Grande
30/6 - Praia Grande 3 x 0 GRCSES Unidos de Vila Maria
13/8 - AA Flamengo 3 x 1 Praia Grande
18/8 - Praia Grande 4 x 0 FAAC Azulão
25/8 - Praia Grande 2 x 0 AA Atlas
30/8 - GRCSES Unidos de Vila Maria 0 x 2 Praia Grande
2ª fase
15/9 - Praia Grande 0 x 3 CFA CDC Cleuza Bueno
21/9 - Associação DEFA Vasco 0 x 1 Praia Grande
29/9 - EF São Paulo Futebol Clube/Taubaté 2 x 3 Praia Grande
6/10 - Praia Grande 2 x 1 EF São Paulo Futebol Clube/Taubaté
13/10 - Praia Grande 4 x 0 Associação DEFA Vasco

sub-17
1ª fase
2/6 - Praia Grande 2 x 0 AA Flamengo
9/6 - FAAC Azulão 2 x 4 Praia Grande
23/6 - AA Atlas 2 x 0 Praia Grande
30/6 - Praia Grande 1 x 2 GRCSES Unidos de Vila Maria
13/8 - AA Flamengo 2 x 0 Praia Grande
18/8 - Praia Grande 3 x 1 FAAC Azulão
25/8 - Praia Grande 0 x 1 AA Atlas
30/8 - GRCSES Unidos de Vila Maria 2 x 2 Praia Grande
2ª fase
15/9 - Praia Grande 1 x 1 AA Vila Carolina
22/9 - AA Serra Morena 1 x 1 Praia Grande
2/10 - Real Dínamo Sports/Sorocaba 2 x 2 Praia Grande
6/10 - Praia Grande 0 x 1 Real Dínamo Sports/Sorocaba
13/10 - Praia Grande 0 x 2 AA Serra Morena

PG joga quartas de final do Estadual de Futsal

Neste sábado (20/10), a partir das 11h30, no Ginásio Presidente Ciro 1, em São Paulo, na Capital, os times masculinos sub-14 e sub-18 de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer - SEEL, Sucos Camp, Centro de Treinamento Falcão 12 e Liga Praiagrandense de Futsal - LPFS) jogam pelas quartas de final da série bronze do Campeonato Estadual de Futsal, série A-1, evento regido pela Federação Paulista (FPFS). 

Às 11h30, a turma local sub-18 encara a equipe do Esporte Clube Pulo do Gato de Campinas. Às 12h45, o selecionado Praia-grandense sub-14 enfrenta o time da Associação Desportiva Indaiatuba. As partidas são eliminatórias simples, ou seja, o time que vence avança a semifinal e o que perde está fora do campeonato. Vale frisar que a turma sub-12 de Praia Grande está qualificada as quartas de final da série prata (realização ainda sem data definida) e a sub-16 foi eliminada na segunda fase.

É importante esclarecer que ao final da primeira fase, a FPFS formou uma classificação única (juntou os grupos A, B, C e D) com os 28 times participantes. A partir daí, os 16 primeiros colocados disputam uma segunda fase em dois jogos, na qual os vencedores avançam as quartas de final da chave ouro e os perdedores vão para a prata. Do 17º ao 28º colocado competem em partida única, na qual os vencedores e os dois melhores perdedores (ranking por índice técnico relativo a primeira fase) qualificam-se a chave bronze.

Vale frisar que na classificação final, a turma sub-12 foi 16ª colocada (quarta da chave D) com duas vitórias, um empate, três derrotas, 22 gols feitos e 16 sofridos. A sub-14 ficou na 19ª posição (quinta na D) com duas vitórias, uma igualdade, três derrotas, 14 gols prós e 20 contras. A sub-16 terminou em 25º lugar (sétima na D) com uma vitória, cinco perdas, 10 gols feitos e 26 sofridos. A sub-18 fechou na 18ª posição (quinta na D), com dois ganhos, quatro perdas, 18 gols prós e 33 contras.

Retrospecto - No Campeonato Estadual de Futsal da série A-1 de 2017, a equipe masculina sub-14 de Praia Grande ficou com a inédita medalha de prata. Na final, perdeu por 2 a 1 para a turma da Elite Itaquerense. O grupo municipal sub-12 caiu na fase quartas de final da série prata ao perder para o Sport Club Corinthians Paulista por 3 a 1. Já as equipes sub-16 e sub-18 de Praia Grande despediram-se do Campeonato Estadual de Futsal ainda na primeira fase. 

Em 2016, competindo pela primeira vez na A-1, os times sub-10 e sub-16 da Cidade chegaram até a fase oitavas de final (16 melhores). Já as turmas sub-12, sub-14 e sub-17 foram desclassificadas na fase de grupos. Em 2015, na série A-2, os selecionados masculinos sub-10 e sub-16 de Praia Grande conquistaram, pela primeira vez, medalhas de ouro no Campeonato Estadual de Futsal. A turma local sub-14 ficou com a prata. A sub-12 parou nas quartas de final e a sub-17 nas oitavas de final.

Em 2014, na A-2, o time sub-10 de Praia Grande garantiu a prata. O time sub-14 da Cidade terminou em quarto lugar. Em 2013, as equipes sub-9 e sub-13 de Praia Grande chegaram as quartas de final. Em 2012, os times locais sub-9, sub-11, sub-13 e sub-17 ficaram entre as oito melhores. Em 2011, a sub-15 terminou em quarto lugar. Em 2010, a turma sub-17 conquistou o inédito título estadual. A equipe sub-15 ficou com o bronze. Em 2009, o sub-11 sagrou-se campeão do certame. Já a turma sub-15 acabou em quarto lugar

Resultados - Confira as campanhas dos times de Praia Grande no Campeonato Estadual de Futsal, série A-1, 2018:

sub-12 - Jogam por Praia Grande Diogo Godke Gomes de Menezes, Guilherme Sousa Gomes, João Pedro Cartezani de Souza, Felipe Mendes Santos, Pedro Torres Cardoso, Luiz Henrique Reis Machado, Igor da Silva Cajé, Felipe Gabriel dos Santos Silva, Gustavo Assis, Gabriel Jerônimo Alves dos Santos, Marcos Vinicius Fortmuller, Pedro Henrique Ramiel, Luis Felipe Gomes Barbosa Nunes, Wallace Vicente Matias Rosa Izzo e Nicolas Gomes Pascoal. Técnico: Matheus Cassita Gonçalves. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves. 

1ª fase
11/8 - Wimpro Guarulhos 1 x 5 Praia Grande/Ocian Praia Clube
18/8 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 2 FAE Osasco Audax
25/8 - CA Juventus 3 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
2/9 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 9 x 3 AA Botucatuense
8/9 - Clube São João/N10 4 x 4 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/9 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 3 Instituto Cidadania Raízes Barueri
2ª fase 
6/10 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 6 SE Palmeiras
14/10 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 3 SE Palmeiras
* qualificado a série prata

sub-14 - Atuam pela Cidade Marcos Vinicius Freitas de Souza, Gustavo Beserra Bueno, Kauê Bastos de Carvalho, Lincoln Antunes da Silva, Luiz Rafael Silva Gomes, Nycolas Souza da Silva, Jefferson Bispo Santos, Raul Vinicius Damacena, Mike Iverson Santos Barriento, Periques Junior Magalhães Lisboa, Gustavo Wendrel Quadros da Cruz, Kayke Antony Calixto, Riã Silva do Nascimento, Cleberson Lucas de Oliveira Neves e Kayque Bernardo Nascimento. Técnico: Caio Bruno Monzem. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves.

1ª fase
11/8 - Wimpro Guarulhos 3 x 4 Praia Grande/Ocian Praia Clube
18/8 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 2 FAE Osasco Audax
25/8 - CA Juventus 7 x 0 Praia Grande/Ocian Praia Clube
2/9 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 5 x 2 AA Botucatuense
8/9 - Clube São João/N10 3 x 3 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/9 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 2 x 3 Instituto Cidadania Raízes Barueri
2ª fase 
6/10 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 4 x 5 São Caetano do Sul Futsal
* qualificado a série bronze

sub-16 - Representam Praia Grande Jhonatan do Nascimento Domingos, Fabricio Prieto Cirilo Diniz da Silva, Yuri França da Silva, Nathan Takahashi de Souza Aguiar, Leonardo Amaral Aurichio, João Victor Soares da Silva, Lucas Lewis da Silva, Ryan Santos da Silva, Guilherme Batista Andrade da Silva, Rafael Bernardo de Souza Francisco, Alexandre Cauet da Silva, Giovanni Cauan Marques de Souza e Rafael Expedito Amaral de Sousa. Técnico: Matheus Cassita Gonçalves. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves.

1ª fase
11/8 - Wimpro Guarulhos 8 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
18/8 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 2 FAE Osasco Audax
25/8 - CA Juventus 1 x 3 Praia Grande/Ocian Praia Clube
2/9 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 4 AA Botucatuense
8/9 - Clube São João/N10 6 x 4 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/9 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 1 x 5 Instituto Cidadania Raízes Barueri
2ª fase 
6/10 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 0 x 11 Santos FC
eliminado

sub-18 - Competem pelo Município Gustavo Gomes Ferreira, Alysson Mariano de Oliveira, José Eduardo Trigueiro Pereira Silvestre, Luiz Gustavo da Silva Ferreira, Eduardo Costa Dalle Piaggi, Lucas Abreu Romão, José André Santana Santos, Eduardo Vaz Cabril Miyazi, Alef Serrat Pinheiro, Wendler Gabriel Gomes da Silva, Vitor Luis Acioli Garcia, Felype Fernandes Mouzinho, Fernando Ribeiro Marques Junior, Leonardo Pereira Trindade e João Pedro Pereira Campos. Técnico: Caio Bruno Monzem. Auxiliar: Igor de Oliveira Gonçalves.

1ª fase
11/8 - Wimpro Guarulhos 5 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
18/8 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 6 x 3 FAE Osasco Audax
25/8 - CA Juventus 6 x 1 Praia Grande/Ocian Praia Clube
2/9 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 5 x 3 AA Botucatuense
8/9 - Clube São João/N10 8 x 2 Praia Grande/Ocian Praia Clube
22/9 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 3 x 8 Instituto Cidadania Raízes Barueri
2ª fase
6/10 - Praia Grande/Ocian Praia Clube 4 x 0 Clube Atlético Tabuca Juniors
* qualificado a série bronze.

Vôlei feminino adulto joga no Estadual Sindiclube

Neste domingo (21/10), às 12 horas, no Ginásio Ponte Grande, em Guarulhos, a equipe feminina adulta (mais de 18 anos) de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer - SEEL) enfrenta a equipe da Aprov/Guaru, em duelo válido pela quinta rodada da primeira fase do Campeonato Estadual de Vôlei promovido pelo Sindicato dos Clubes do Estado de São Paulo (Sindiclube).

Na classificação parcial, após quatro rodadas, as meninas da Cidade estão na terceira posição (entre cinco times) com duas vitórias e duas derrotas. Jogam Nayara Oliveira da Luz, 29 anos; Ivy Carolina Barbosa Gabardo, 28; Ana Lúcia Ribeiro, 26; Aline Santos Sousa Araújo, 24; Iris Costa Batista, 23; Joyce da Silva Lima, 21; Roberta Carlos da Silva, 20; Camilla Mohallem Correa Machado, 18; Nycole Rabello Moreno Oliveira, 18; Amanda Goudinho Pizzol, 17; Ana Clara Almeida Sousa, 17; Isabela Martins Queiroz, 17. Técnica: Paula Rita Camerini. Auxiliares: Ana Lúcia Ribeiro e Ivy Carolina Barbosa Gabardo.

Outras – As equipes femininas infantil (15 e 16 anos) e infanto-juvenil (17 e 18 anos) de Praia Grande também disputam o Campeonato Estadual do Sindiclube de Vôlei. Na classificação final da infanto-juvenil, após 11 rodadas, a turma de Praia Grande ficou no sétimo e último lugar com um triunfo e 10 perdas. A partir de novembro, disputa o triangular final contra os times do Arydevom/Mauá e São Paulo Futebol Clube (5º e 6º colocados). As equipes do Pinheiros, Paulistano, Ypiranga e Aprov/Guaru competem nas semifinais.

Jogam pela Cidade Alícia Leone, Aline Nascimento, Amanda Goudinho, Ana Clara Almeida, Bianca Thomaz, Camilla Mohallem Machado, Giovanna Lymberopoulos, Isabella Queiróz, Jade Mieres, Lara Castro, Letícia Baniuk, Letícia Araújo, Lohanna Bissolati, Maria Luiza Ferreira, Mayhara Marinho, Nycole Rabello e Sabrina Magalhães. Técnica: Paula Rita Camerini. Auxiliares: Ana Lúcia Ribeiro e Ivy Carolina Barbosa Gabardo.

Infantil - Na classificação parcial da infantil, após 19 rodadas, a turma de Praia Grande ocupa a 14ª colocação (entre 19 agremiações) com cinco vitórias e 14 derrotas. 

Representam a Cidade Alícia Leone, Anna Karolina da Silva Lima Gomes, Beatriz Pereira Ribeiro, Bianca Passio Pimentel, Caylane Vicente Moreira Dias Assiaz, Clarissa Scauri Santos Paulo Dias, Giovanna Lymberopoulos Nascimento, Graziela Lavor Ramos Oliveira, Júlia Libonatto Zava, Lara Gomes de Castro, Larissa Melo dos Santos, Laysa Cristini Alves Domingues, Lohanna Bissolati, Maria Luiza Ferreira dos Santos, Myrella Brito Alves, Paula Fernanda Heimoski Saturnino e Victória de Oliveira Antunes. Técnica: Paula Rita Camerini. 

Auxiliares: Ana Lúcia Ribeiro e Ivy Carolina Barbosa Gabardo.
Retrospecto - A última vez que as equipes femininas de Praia Grande participaram do Campeonato Estadual de Vôlei do Sindiclube foi em 2014. Naquele ano, o time adulto sagrou-se vice-campeão da série ouro (equipes que ficaram nas três primeiras posições na etapa inicial do torneio). A turma infanto-juvenil também foi vice-campeã só que na série prata (equipes que ficaram de quinto a oitavo lugares na etapa inicial do torneio). Em 2013, o time adulto sagrou-se campeão da série prata. Em 2012, o adulto conquistou o segundo lugar na disputa da Taça de Prata do Campeonato de Vôlei do Sindiclube. Já o grupo infanto-juvenil conquistou medalha de bronze na disputa da Taça de Prata. 

Jogos - Confira todos os resultados dos times da Cidade no Campeonato Estadual de Vôlei do Sindiclube 2018:

Infantil
13/4 - Círculo Militar de São Paulo 3 x 0 Praia Grande (25/22, 25/19 e 25/16)
20/4 - Praia Grande 3 x 0 Clube Atlético Juventus (25/20, 25/19 e 25/18)
4/5 - Esporte Clube Banespa 3 x 0 Praia Grande (25/13, 25/12 e 25/13)
18/5 - Praia Grande 2 x 3 Centro Esportivo da Penha (27/25, 26/24, 22/25, 14/25 e 12/15)
5/6 - Praia Grande 1 x 3 AABB/São Paulo (25/19, 19/25, 23/25 e 21/25)
10/6 - Praia Grande 2 x 3 APROV Guarulhos (26/24, 25/16, 18/25, 23/25 e 18/20)
11/6 - Alphaville Tênis Clube 3 x 1 Praia Grande (23/25, 25/21, 25/22 e 25/22)
15/6 - Esporte Clube Pinheiros 3 x 0 Praia Grande (25/16, 25/18 e 25/19)
26/6 - Praia Grande 1 x 3 Clube Atlético Paulistano (25/16, 15/25, 17/25 e 25/27)
30/6 - Praia Grande 3 x 2 Ribeirão Pires Futebol Clube (25/18, 25/18, 15/8, 10/25 e 6/25)
11/8 - Clube Atlético Ypiranga 3 x 0 Praia Grande (25/9, 25/15 e 25/13)
17/8 - Taubaté CC 1 x 3 Praia Grande (25/15 , 26/28, 22/25 e 23/25) 
20/9 - Praia Grande 0 x 3 São Paulo FC (22/25, 20/25 e 21/25)
27/9 - Clube Campineiro de Regatas e Natação 3 x 0 Praia Grande (25/14, 25/10 e 25/16)
3/10 - Praia Grande 0 x 3 Clube Internacional de Regatas de Santos (9/25, 15/25 e 19/25)
5/10 - EC Pinheiros 3 x 0 Praia Grande (25/13, 25/7 e 25/13)
7/10 - Praia Grande 3 x 0 Associação A Hebraica (25/13, 26/24 e 27/25)
9/10 - Associação dos Oficiais da Polícia Militar 1 x 3 Praia Grande (32/30, 19/25, 21/25 e 18/25) 

Infanto-juvenil
14/4 - São Paulo FC 3 x 0 Praia Grande (25/11, 25/14 e 25/17)
8/5 - Arydevom/Mauá 2 x 3 Praia Grande (25/16, 26/24, 25/27, 21/25 e 11/15)
22/5 - Praia Grande 0 x 3 Clube Atlético Ypiranga (25/16, 25/8 e 25/17)
10/6 - Praia Grande 0 x 3 APROV Guarulhos (15/25, 19/25 e 13/25)
15/6 - Esporte Clube Pinheiros 3 x 0 Praia Grande (25/19, 27/25 e 25/19) 
26/6 - Praia Grande 0 x 3 Clube Atlético Paulistano (16/25, 18/25 e 8/25)
3/8 - APROV Guarulhos 3 x 0 Praia Grande (25/0, 25/0 e 25/0 - w.o.)
9/8 – Clube Atlético Paulistano 3 x 0 Praia Grande (25/21, 25/17 e 25/14)
11/8 - Clube Atlético Ypiranga 3 x 0 Praia Grande (25/18, 25/20 e 25/11)
26/8 - Praia Grande 0 x 3 Arydevom/Mauá (0/25, 0/25 e 0/25 - w.o.)
2/9 - Praia Grande 0 x 3 EC Pinheiros (25/9, 25/20 e 25/20)
20/9 - Praia Grande 0 x 3 São Paulo FC (22/25, 22/25 e 19/25)

Adulta
12/5 - Clube Atlético Aramaçan 1 x 3 Praia Grande (16/25, 18/25, 20/25 e 25/17)
16/6 - Praia Grande 3 x 1 APROV de Guarulhos (25/16, 25/21, 25/16 e 15/25) 
23/6 - Clube Atlético Ypiranga 3 x 0 Praia Grande (25/12, 25/10 e 25/11)
11/8 - Clube Atlético Ypiranga 3 x 0 Praia Grande (25/12, 25/12 e 25/19)

Maratona de PG tem últimos dias de inscrições

Os interessados em participar da 1ª Maratona de Praia Grande devem se apressar. Os registros podem ser feitos até atingir o limite máximo de mil participantes ou até o dia 7 de novembro, no link https://www.ativo.com/calendario/todos/america-do-sul/br/sp/praia-grande/corrida-de-rua/35597/1ª-maratona-de-praia-grande. A prova de 10 km tem valor de inscrição de R$ 75,00; a de 21,1km tem taxa de R$ 85,00 e a de 42,2km custa R$ 95,00.

O evento, voltado para atletas amadores e organizado pela empresa Angra Eventos Esportivos com apoio da Prefeitura local e Nova CPI Imóveis, tem provas de 10 quilômetros, 21,1km e 42,2km. A disputa está programada para o dia 11 de novembro, com largada às 7 horas, na faixa de areia em frente a Boutique do Peixe (esquina das Avenidas Marechal Hermes e Presidente Castelo Branco, Bairro Boqueirão). A disputa de 10 km ocorre pela faixa de areia dos Bairros Boqueirão e Aviação, a de 21,1 km do Boqueirão ao Mirim e os de 42,2km do Boqueirão ao Solemar.

Dados - Nos dias 9 e 10 de novembro, em espaço ainda não definido pela empresa organizadora do evento, será realizada a entrega dos kits (número de competição, chip, camiseta e brindes de patrocinadores) para os atletas. No local da largada, haverá guarda-volumes à disposição dos corredores e ambulância para prestar os primeiros-socorros se necessário. A competição (em todas as três provas) terá duração máxima de seis horas.

Serão premiados com medalhas e troféus os três primeiros colocados no geral no feminino e masculino de cada distância; e também por faixa etária: até 24 anos, 25 a 29, 30 a 34, 35 a 39, 40 a 44, 45 s 49, 50 a 54, 55 a 59 e mais de 60. Não há premiação em dinheiro. Todos os pedestrianistas que completarem os percursos recebem camiseta comemorativa alusiva ao evento. Outras informações podem ser obtidas no e-mail angraesporte@gmail.com e no link https://www.facebook.com/angraeventosesportivos

Três equipes de PG seguem na disputa dos Jogos Estadual Infantil

Integrando a seleção da Diretoria Regional de Esporte e Lazer (DREL) de Santos, as equipes de handebol feminino, handebol e vôlei masculino de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer - SEEL) estrearam na segunda fase da primeira edição dos Jogos Estadual Infantil, evento sub-16 regido pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ). A disputa, iniciada no último sábado (12), vai até domingo (20), em Jundiaí.

No handebol feminino, o time da Cidade perdeu para Salto por 20 a 14. Na quarta-feira (17), encarou Presidente Prudente e na quinta-feira (18), enfrentou Jundiaí. Apenas as duas equipes primeiras colocadas avançam à etapa semifinal. Na primeira fase, as meninas do Litoral venceram Patrocínio Paulista por 36 a 10 e foram derrotadas por Ribeirão Preto por 19 a 18. 

No handebol masculino, na estreia da segunda fase, o grupo de Praia Grande perdeu para Salto por 34 a 26. Na sequência, joga contra Botucatu e Jundiaí. Na primeira fase, venceu Francisco Morato por 45 a 12 e foi derrotado por Rio Claro por 29 a 18. No vôlei masculino, na rodada inicial da 2ª fase, a turma da Cidade caiu diante de Pongaí por 2 sets a 0 (24/26 e 18/25). Na quarta-feira (17), enfrentou Jundiaí e na quinta (18), Mauá. Na primeira etapa, ganhou de Franca por 2 a 0 (25/15 e 25/17) e foi superada por São José dos Campos por 2 a 0 (20/25 e 18/25).

Dados - Um total de 86 desportistas de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer - SEEL) integram a seleção da Diretoria Regional de Esporte e Lazer (DREL) de Santos. Isto porque a SELJ realiza esta disputa entre 14 Diretorias do Estado. São elas: Santos, Araçatuba, Araraquara, Barretos, Bauru, Campinas, Franca, Grande São Paulo, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Representam Praia Grande atletas do basquete masculino, ginástica rítmica feminina, atletismo, ginástica artística, handebol e vôlei feminino e masculino. A qualificação para a fase final foi conquistada após vencer as etapas Regional (reúne os times vencedores da fase sub-regional, Litoral Sul e Vale do Ribeira) e sub-regional (envolve apenas equipes da Região Metropolitana da Baixada Santista). O grupo municipal é chefiado pelo chefe da Seção de Esporte de Rendimento e Treinamento Desportivo da SEEL Paulo Roberto Peres Ramos.

Qualificados - Confira todos os resultados das equipes de Praia Grande nos Jogos Estadual Infantil 2018:

atletismo feminino – a competir
etapas regional e sub-regional
1ª Eduarda Souza Santos - categoria B (14 a 16 anos) - 100 metros rasos
Técnicos: Flávio Barbosa da Cruz e Rodrigo Augusto da Silva Rosa

atletismo masculino – a competir
etapas regional e sub-regional
1º Rafael Rodrigues Silva Filho - categoria A (11 a 13 anos) - 75 metros rasos
1º Nélio Nei da Silva Filho - B (14 a 16 anos) - 100 metros
1º Júlio Cesar Muniz Marques - B - 800 metros
1º Arthur Leandro de Souza - B - arremesso do peso
1º Nélio, Júlio, Kauã Gomes de Souza, Vinícius Conceição Rolt e Gabryel dos Santos Silva - B - revezamento 4x100 metros 
Técnicos: Flávio Barbosa da Cruz e Rodrigo Augusto da Silva Rosa

basquete masculino – terminou entre os nove melhores
etapa sub-regional
Praia Grande 63 x 18 Cubatão
Praia Grande 20 x 0 (desistência) São Vicente 
etapa regional
Praia Grande 58 x 24 Itanhaém
Praia Grande 112 x 18 Registro
Final estadual - 1ª fase – grupo A
13/10 – Praia Grande 41 x 71 Tatuí
15/10 – Praia Grande 37 x 65 Jundiaí

Competiram Christian Vinícius Zanetti, Erick Lemes Cingillo, Gustavo Alves Capel, Gustavo Henrique Aguiar Pinto, Ian Manzano Guerra Santos, João Gabriel Silva Lopes, João Pedro Quirino Pereira Frutuoso, João Victor Conceição Gomes, Luís Eduardo Felipe dos Santos, Peter Katzor Tavares Júnior, Ruan Aparecido Campos Nascimento e Vinicius Leocadio Sebastião. Técnicos: Osvaldo José de Assis Pinheiro e Fabio Roberto de Souza Silva. 

ginástica artística feminina – terminou em 3º lugar (3 pratas e 2 bronzes)
etapas regional e sub-regional
Praia Grande não teve adversário
Final estadual – categoria A (8 a 12 anos) 
2ª (2) Bianca do Nascimento Barbosa – trave de equilíbrio e individual geral
2ª Ana Clara Pereira Correa – solo
3ª Bianca – solo
3ª equipe
8ª Bianca – barras paralelas assimétricas
10ª Ana Clara – individual geral
15ª Sophia Santana Vieira - individual geral
29ª Anna Giulia Rezende de Lara – individual geral

Técnicos: Caio Américo Costa e Leandro Salvador Heredia.

ginástica artística masculina – terminou em 3º lugar (1 prata e 2 bronzes)
etapas regional e sub-regional
Praia Grande não teve adversário
Final estadual – categoria A (8 a 12 anos) 
2ª Cássio Eduardo Menezes do Nascimento – salto sobre o cavalo
3º Cássio – individual geral
3ª equipe
4º Cássio – barra fixa
5ª Cássio – solo e barras paralelas simétricas
5º Gabriel Matias Lazzarini de Souza – barra fixa
6º Lucas de Souza Nazareth – barra fixa, solo e individual geral
7º Gabriel – solo
8º Gabriel – salto
8º Lucas – barras paralelas
9º Gabriel – individual geral

Técnicos: Caio Américo Costa e Leandro Salvador Heredia.

ginástica rítmica feminina – terminou em 6º lugar
etapas regional e sub-regional
Praia Grande não teve adversário
Final estadual – categoria B (12 a 14 anos) 
4ª Sabrina Barros da Costa Barreto – bola
5ª Karen Utino Sartori - maças
5º conjunto 5 cordas
6º individual geral

Competiram Isabela Puliti Pinto, Isabella Correia Aguiar, Karen Utino Sartori, Larissa Gonçalves Conceição, Maria eduarda Goulart de Oliveira e Sabrina Barros da Costa Barreto. Técnica: Flávia Beatriz Ferro.

handebol feminino – em andamento
etapa sub-regional
Praia Grande 10 x 0 (desistência) Guarujá
etapa regional
Praia Grande 18 x 17 Mongaguá
Final estadual - 1ª fase – grupo D
13/10 – Praia Grande 18 x 19 Ribeirão Preto
15/10 – Praia Grande 36 x 10 Patrocínio Paulista
2ª fase - grupo F
16/10 - Praia Grande 14 x 20 Salto
17/10 - Praia Grande x Presidente Prudente
18/10 - Praia Grande x Jundiaí

Competiram Amanda Nascimento Carpinelli, Ana Beatriz de França Cipriano, Fernanda da Silva Piplovic, Isabelly Vitória Menezes Ferreira Souza, Júlia dos Santos Souza, Kamilly da Silva Ferreira, Laiza Mirela Gonçalves de Oliveira, Laura Ushiro Moffa, Lívia Alessandra Arantes Rodrigues, Mônica Campagnoli Piovesan, Raiany Mariana Santos Amorim, Rebeka Silva Cardoso Santos, Thamires Vitória Nascimento Silva e Vitória Nayani Vasconcelos de Souza. Técnica: Paula de Melo Arantes Rodrigues. Auxiliares: Luciene Gonçalves da Silva e Maurício Augusto dos Santos.

handebol masculino – em andamento
etapa sub-regional
Praia Grande 10 x 0 (desistência) Guarujá
etapa regional
Praia Grande 33 x 13 Peruíbe
Final estadual - 1ª fase – grupo D
14/10 – Praia Grande 45 x 12 Francisco Morato
15/10 – Praia Grande 18 x 29 Rio Claro
2ª fase - grupo F
16/10 - Praia Grande 26 x 34 Salto
17/10 - Praia Grande x Botucatu
18/10 - Praia Grande x Jundiaí

Competem Breno Praxedes Rodrigues da Silva, Dérik William dos Santos Batista, Enzo Pereira de Almeida, Fábio Costa Dalle Piaggi, Giovanny José Vieira Russo, Júlio César Alves Costa, Kaique Santos Santana, Kauã Ortolani Lusvarghi, Kayo Henrique da Silva Dias, Lucas Gabriel Candido da Silva, Ryan Pedro dos Santos, Sérgio Henrique Rodrigues Andrade, Thiago Nascimento Freire Santos e Vinicius Lira de Santana. Técnico: Thiago José da Silva. Auxiliar: Luciene Gonçalves da Silva e Maurício Augusto dos Santos.

vôlei feminino – terminou entre os 13 melhores
etapa sub-regional
Praia Grande 2 x0 Cubatão
Praia Grande 2 x 0 (desistência) Guarujá 
etapa regional
Praia Grande 2 x 0 Itanhaém
Praia Grande 2 x 0 Eldorado
Final estadual - 1ª fase – grupo B
13/10 – Praia Grande 1 x 2 Diadema (27/25,18/25 e 10/15)
14/10 - Praia Grande 1 x 2 Cafelândia (27/25, 16/25 e 5/15)
15/10 – Praia Grande 0 x 2 São José dos Campos (25/12 e 25/12)

Competiram Alícia Leone, Beatriz Pontes Gonçalves do Carmo, Bianca Passio Pimentel, Clarissa Scauri Santos Paulo Dias, Giovanna Lymberopoulos Nascimento, Lara Gomes de Castro, Larissa Melo dos Santos, Laysa Cristini Alves Domingues, Lohanna Bissolati, Maria Fernanda Sena Carvalho, Maria Luiza Ferreira dos Santos e Myrella Brito Alves. Técnica: Paula Rita Camerini. Auxiliares: Ana Lúcia Ribeiro e Ivy Carolina Barbosa Gabardo.

vôlei masculino – em andamento
etapa sub-regional
Praia Grande não teve adversário
etapa regional
Praia Grande 2 x 0 Itanhaém
Praia Grande 2 x 0 Iguape
Final estadual - 1ª fase – grupo B (*qualificado a 2ª fase)
13/10 – Praia Grande 0 x 2 São José dos Campos (20/25 e 18/25)
14/10 - Praia Grande 2 x 0 Franca (25/15 e 25/17)
2ª fase - grupo E
16/10 - Praia Grande 0 x 2 Pongaí (24/26 e 18/25)
17/10 - Praia Grande x Jundiaí
18/10 - Praia Grande x Mauá

Competem Arthur Amaro dos Santos, Eduardo da Silva Vieira, Henrique Florencio da Silva, João Gabriel Tellini Lopes, Lucas de Castro Ferreira, Marcus Vinicius Tellini Lopes, Matheus Emanoel Delgado, Matheus Rodrigues dos Santos, Ray Pereira da Silva, Renan Victor de Pontes, Roberto Vitor Galera Marques e Thiago Dóros Costa. Técnico: Ricardo Vasconcellos. Auxiliares: Alex Luís Hiath Salvador e Bruno Ledo dos Santos Coutinho.

Carateca de PG é convocada para o Campeonato Mundial

A atleta de Praia Grande Jéssica Linhares de Paula (Academia Gladiators) foi convocada pela Confederação Brasileira de Caratê (CBK) para integrar a seleção nacional que disputa o Campeonato Mundial Sênior (mais de 18 anos), evento regido pela Federação Mundial (WKF - World Karatê Federation) e que ocorre de 5 a 11 de novembro, na cidade de Madrid, na Espanha. Ela compete no kumitê (luta), no 2º Kyu e acima (faixa azul, roxa, castanho, marrom e preta), peso menos de 50 quilos.

Até o próximo dia 2 de novembro, o grupo verde e amarelo realiza período de treinamentos no município de Piracicaba, interior paulista. Neste ano, Jéssica foi campeã sul-americana sênior e vice-campeã sub-21 em Guayaquil, no Equador; e conquistou medalha de bronze no Campeonato Pan-Americano Sênior realizado em Santiago, no Chile. Ao longo da carreira, obteve os títulos paulista, da Copa São Paulo e Brasileiro em diversas faixas etárias.

Em 2017, na cidade de Santa Cruz de Tenerife, na Espanha, Jéssica lutou no 10º Campeonato Mundial de Caratê, Sub-21 (18 a 20 anos). No kumitê (luta), no 2º kyu e acima (faixa azul/roxa a preta), peso menos de 50 quilos, ela venceu a primeira luta contra a estadunidense Eva Alexander por 4 a 0. Depois, superou a uzbeque Bakhriniso Babaeva por 4 a 1. Na sequência, caiu diante da japonesa Sayo Azumi por 1 a 0. 

Internacional - Em 2018, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, cinco atletas de Praia Grande conquistaram medalhas no 29º Campeonato Pan-Americano sub-14, na sub-16 (cadete), sub-18 (júnior) e sub-21. No kumitê (luta), no 2º Kyu e acima (faixa azul, roxa, castanho, marrom e preta), ouro para Guilherme Gomes da Silva (Academia Gladiators), na sub-18, peso mais de 76 kg. Prata para Cauã Eduardo Oliveira dos Santos (Academia Yamato Dojo), na sub-14, peso menos de 45kg. Bronzes para Beatriz Alves da Silva (Academia Kami Dojo), na sub-14, menos de 47 kg; Maria Eduarda Johns Mascari (Yamato Dojo), na sub-16, mais de 54 kg; e Rafaela Beatriz dos Santos Silva (Yamato Dojo), na sub-21, menos de 68 kg. Já José Maurício Suzuki Portella (Gladiators), na sub-16, menos de 50 kg, terminou na quinta colocação.

Em Santiago, no Chile, no Campeonato Pan-Americano Sênior (mais de 18 anos), Jéssica Linhares de Paula conquistou o bronze. Na cidade de Guayaquil, no Equador, no Campeonato Sul-Americano, Jéssica Linhares foi campeã na sub-21 e ainda obteve o segundo lugar na sênior. Bárbara Chacon, na júnior, menos de 53 kg, ficou com o vice-campeonato. Guilherme Gomes Silva (Gladiators), na júnior, mais de 76 kg; também faturou a prata. Giulie Anne Cirillo Soares (Gladiators), na sub-14, mais de 47 kg, ganhou o bronze. Assim como Beatriz Alves da Silva (Academia Kami Dojo), na sub-14, menos de 47 quilos.

Treinos - Os caratecas de Praia Grande treinam em seis academias da Cidade. No Bairro Tupi, a equipe da Academia Gladiators tem comando do sensei Rodrigo Inácio. No Ocian, o grupo da Yamato Dojo é conduzido por Carolina Ramalho. No Samambaia, o time da Kami Dojo possui Ronaldo Rodrigues como mestre. No Boqueirão, o selecionado da Yoshimura Kyokai recebe orientação técnica do mestre Jorge Yoshimura. No Tupi, a turma da Seikan pertence ao técnico Márcio Papi. No Caiçara, o selecionado da Hasu Dojo/Academia Arena Ômega tem Allan Jozala de Souza na liderança.

Há ainda, treinamentos públicos (gratuitos) disponibilizados pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) de Praia Grande. Sob comando do professor Luiz Fernando de Almeida Antunes, faixa preta 3º Dan, as aulas acontecem no Ginásio da SEEL (Avenida Minsitro Marcos Freire, 33579, Bairro Tupiry), às terças e quintas-feiras, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas; no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180), às segundas, quartas e sextas-feiras, das 9 às 12 horas; e na Pista Municipal de Atletismo (Rua José Bonifácio, 400, Bairro Sítio do Campo), às segundas, quartas e sextas-feiras, das 14 às 17 horas.

Sob orientação do professor Jorge Yoshimura, faixa preta 8º Dan, os ensinamentos são realizados de segunda a sexta-feira, após às 18 horas, os treinos ocorrem no Ginásio Rodrigão (Av. Pres. Kennedy, 8169 – Mirim). Às segundas, quartas e sextas-feiras, das 13 às 17 horas, as atividades acontecem no Ginásio do Bairro Sítio do Campo (Rua Maria Luiza Lavalle, 180). Às terças e quintas-feiras, das 13 às 17 horas, as aulas desenvolvem-se no Centro de Apoio à Família do Educando (CAFE) do Bairro Vila Sônia (Rua João Andrade de Jesus, s/nº).